Seja Bem Vindo Solstício de Invero e Lua Cheia

21/06/2016
image

Solstício Inverno 2016, seja bem vindo, agora a luz começa a aumentar de poco em poco, e pra comemorar, um galinheiro versão 1.93 beta agora com cerca de pallet, nada contra, mas os lagarto por aqui estão muito gordinhos, então vamos diminuir um poco o consumo deles de ovos.. HEHE..

Na ecoPalha, tentamos dar a maior liberdade possível a cada animal, sempre respeitando suas necessidades básicas, assim eles podem nos contribuir mais felizes, e no caso das galinhas nos trazer um o controle de pragas, principalmente se alimentando de larvas e outros insetos que vivem nas bostas de outros animais, assim tentando acompanhar  o ritmo natural de vida desses animais, pois sempre onde há manada de herbívores, na natureza, tem passaros andando junto, fazendo o controle natural.

E na medida do possível estarei postando novas fotos, para mostrar como anda a ecoPalha... Obrigado..


Abaixo um artigo explicando um poco mais da importância desses animais para o benefício do solo.


Como as galinhas caipiras beneficiam seu solo
Deixa de lado o motocultivador e obtenha ovos mais nutritivos, permitindo que suas galinhas trabalhem no jardim.

Amy Grisak
por Amy Grisak
31 de agosto de 2015

Esterco de galinha pode ajudar a adicionar de volta o nitrogênio ao solo do jardim.

Você vai estacionar o motocultivador no galpão para sempre se você pode empregar um pequeno bando de galinhas para cuidar de seu solo do jardim. Não só as galinhas fornecem uma fonte de nitrogênio tremenda para a área, eles são campeões de revirar o solo, eliminando as ervas e criando compostagem no lugar.

"Gostaria de manter galinhas, mesmo que eles não ponhassem ovos, por causa de seu poder de trabalho", diz Justin Rhodes, que compartilha suas experiências de colono na AbundantPermaculture.com. "Eu não removo as ervas, Eu não uso de fertilizantes sintéticos. Eu não remecho o solo. "Galinhas lidam com essas tarefas, enquanto fornecem um valioso fertilizante, e aqui está como você pode, também.

Elas dão um impulso nitrogênio em sua colheita.

Joseph Heckman, um especialista do solo para a Universidade de Rutgers, interessou-se no impacto das galinhas no solo, quando ele começou a mantê-las em 2005. Ele usa galinhas em seu gramado, assim como mantém um trator de galinhas com 30 aves em seus campos de feno, e após o feno é cortado para a estação.

"Uma coisa a considerar quando você está comprando comida de galinha é que você está comprando fertilizantes, também", diz Heckman. "Você está realmente fertilizando a terra quando você mantêm as galinhas lá."

Heckman sabe isso em primeira mão. Como o bando de galinhas em seu campo de feno é movido para baixo, seu caminho é óbvio, porque você pode ver um traço verde da forragem fértil aparecem em seu rastro.

"Quando eu fiz feno este ano, eu poderia dizer onde as galinhas passaram no ano passado", observa ele.

Quando você pensa sobre isso, faz todo o sentido permitir que as galinhas façam o que fazem  de melhor: ciscar, cavar, bicam, comem verdes e cagam. É tudo uma questão de direcionar essa energia. Mesmo que as galinhas são fantásticas pequenas fábricas produzindo nitrogênio, se o estrume não é o lugar onde você precisar dele, ele não faz muita coisa boa.

Desenvolvimento de um sistema baseado em pastagens é a melhor maneira de construir o conteúdo de matéria orgânica em seu solo, Heckman diz, e isso pode ser feito com algumas aves em um quintal suburbano ou com tratores de galinha em uma pequena fazenda. Galinhas pastando em um jardim que tem sido colocado na temporada para canteiro,  permite que elas possam limpar todos os detritos de jardim, virar o solo e fertilizar a área no processo. Isto em si é uma excelente maneira de transformar os resíduos verdes em deliciosos, e como salienta Heckman, ovos muito mais nutritivos.

Como com o uso de qualquer estrume fresco, que pode transportar listeria, salmonella ou E. coli e potencialmente contaminar culturas comestíveis e causar problemas de saúde graves, deve se permitir quatro meses (120 dias) entre movendo as galinhas fora da área de jardim e colheita. Este prazo também minimiza a possibilidade de queimar suas plantas por causa do excesso de nitrogênio.

Elas remexem na matéria orgânica

As galinhas ciscam em torno do jardim, incorporando a matéria orgânica.

Rhodes leva suas máquinas de fertilizantes de penas para um outro nível, permitindo-lhes incorporar a matéria orgânica no solo. Em algumas áreas do seu jardim, acrescenta 8 polegadas de serragem como cobertura morta e fonte de carbono, que as galinhas incorporam no solo quando elas estão ciscando.

"Está em decomposição no fundo, e que está criando compostagem no lugar", explica Rhodes. "Na primavera, você pode mover as galinhas para fora e plantar."

Ele usa serragem porque é isso que está disponível para ele no local, mas ele diz que outros jardineiros usam palha ou mesmo as folhas.

Eles fornecem Controle Orgânico de Pragas.

Ao dar as galinhas a oportunidade de ciscar o solo, elas também podem desentocar pragas em hibernação, reduzindo assim o número de problemas com insetos que você terá no próximo ano. Lemas são um deleite particular, e também elas vão encontrar outras iguarias deitados logo abaixo do nível do solo.

Após a colheita da abóbora que ele quer, Rhodes vai solar as galinhas na área para derrubar a vegetação. As galinhas também comem qualquer abóbora que é deixada no jardim assim como os frutos moles durante toda a temporada, e daí os insetos não tem chance.

"Esse é o meu obrigado para elas", diz ele. E, no final, as galinhas deixar algumas sementes que crescem em plantas novas de abóbora na primavera seguinte.

Elas convertem em culturas de cobertura

Se utilizar galinhas para limpar o jardim ou revirar uma camada profunda de materiais ricos em carbono, não é gênial o suficiente, Rhodes incorpora as galinhas na rotação de culturas de cobertura. Depois de plantar uma cultura de cobertura, tais como trigo mourisco, trevo ou de centeio, deixe as galinhas na área de culturas de cobertura no solo em vez de disparar o motocultivador. As aves seguem a cultura de cobertura, adicionando nitrogênio na matéria orgânica. Uma vez que a vegetação é consumida e a área cultivada, elas podem ser movidos para qualquer lugar.

A opção Depositário de Galinhas

Para criadores de galinhas que não podem girar  elas no pasto e precisam manter o rebanho em um só lugar, Rhodes recomenda o método Depositário de Galinhas. Desta forma, os agricultores ou jardineiros podem colher o composto na parte inferior da pilha de esterco para adicionar ao jardim, enquanto as galinhas ficam paradas.

Tanto se você estiver usando galinhas como uma grande unidade móvel para fertilizar e melhorar a estrutura do solo de campos e pastagens ou mantê-las em um lugar pelo tempo que você precisa para preparar sua cama jardim, as galinhas são um recurso valioso em qualquer pequena propriedade. Desde fertilizar,a cultivar e especialmente patrulha de pragas, elas estão felizes em fazer o trabalho.

Sobre o autor: escritor Freelance Amy Grisak vive em Great Falls, Mont, onde ela tem galinhas, colméias e um jardim com seus dois filhos e de seu marido, Grant..

Texto original aqui

Welcome Winter Soltice 2016, now the light starts to increase little by little, and to celebrate a new chicken coop version 1.93 beta
now with fence pallet. Nothing against, but the lizard here are too chubby hehe.., then we will decrease a little their egg consumption .. HEHE .. In ecoPalha,
we try to give the greatest possible freedom to each animal, always respecting their basic needs, so they can bring us a little more control
on pests, especially feeding larvae and other insects that live in the dung of other animals, so trying to follow
natural rhythm of life of these animals, as always where there herd of herbivores in nature, has birds walking by, making natural control.
Below an article explaining a more the importance of these animals for the benefit of soil.


How Free-Range Chickens Benefit Your Soil
Put away the rototiller and get more nutritious eggs by allowing your chickens to work in the garden.
Amy Grisak
by Amy Grisak
August 31, 2015

Chicken manure can help add nitrogen back to the garden soil.

You’ll park the rototiller in the shed forever if you can employ a small flock of chickens to care for your garden soil. Not only do chickens provide a tremendous nitrogen source to the area, they are champions of turning the soil, eliminating weeds and creating compost in place.

“I would keep chickens even if they didn’t lay eggs because of their working power,” says Justin Rhodes, who shares his homesteading experiences on AbundantPermaculture.com. “I don’t weed I don’t use synthetic fertilizer. I don’t till.” Chickens handle these tasks for him while providing a valuable fertilizer resource, and here’s how you can, too.

They Give Your Crops A Nitrogen Boost

Joseph Heckman, a soil specialist for Rutgers University, became interested in the soil impact of chickens when he started keeping them in 2005. He uses chickens on his lawn, as well as keeps a chicken tractor with 30 birds in his hay fields after the hay is cut for the season.

“One thing to consider when you’re buying chicken feed is you’re buying fertilizer, too,” Heckman says. “You’re actually fertilizing the land when you keep the chickens there.”

Heckman knows this first hand. As the flock of chickens in his hay field is moved down the field, their path is obvious because you can see a green streak of fertile forage appear in their wake.

“When I made hay this year, I could tell where the chickens were last year,” he notes.

When you think about it, it makes perfect sense to allow the chickens to do what they do best: scratch, dig, peck, eat greens and poop. It’s all a matter of directing this energy. Even though chickens are fantastic little nitrogen producing factories, if the manure isn’t where you need it, it doesn’t do much good.

Developing a pasture-based system is the best way to build the organic matter content in your soil, Heckman says, and this can be done with a few birds in a suburban backyard or with full fledged chicken tractors on a small farm. Pasturing chickens in a garden that’s been put to bed for the season allows the birds to clean up any garden debris, turn over the soil and fertilize the area in the process. This in itself is a terrific way to turn the green waste into delicious, and as Heckman points out, far more nutritious eggs.

As with using any fresh manure, which can carry listeria, salmonella or E. coli and potentially contaminate edible crops and cause serious health concerns, allow four months (120 days) between moving the chickens out of the garden area and harvesting. This time frame also minimizes the possibility of burning your plants because of too much nitrogen.

They Till In Organic Matter

As chickens scratch around the garden, they can turn in organic matter.

Rhodes takes his feathered fertilizer machines to another level by allowing them to till organic matter into the soil. In some areas of his garden, he adds 8 inches of wood chips as mulch and a carbon source, which the chickens turn into the soil as they’re scratching around.

“It’s decomposing on the bottom, and that’s creating compost in place,” Rhodes explains. “In the spring, you could move the chickens out and plant.”

He uses wood chips because that is what is available to him locally, but he says other gardeners use straw or even leaves.

They Provide Organic Pest Patrol

By giving the chickens the opportunity to scratch through the soil, they can also ferret out overwintering pests, thereby reducing the number of insect problems you’ll have next year. Squash bugs are a particular treat, but they’ll often find other delicacies bedded down just below the soil level, as well.

After harvesting all of the squash he wants from the patch, Rhodes will turn the chickens loose in the area to bring down the vegetation. The chickens also eat any squash that is left in the garden as the fruits soften throughout the season, and bugs don’t stand a chance.
“That’s my thank you for them,” he says. And in the end, the chickens leave a few seeds that grow into new squash plants the next spring.

They Turn In Cover Crops
If using chickens to clean up the garden or turn in a deep layer of carbon-rich materials wasn’t genius enough, Rhodes incorporates the chickens in the rotation of cover crops. After planting a cover crop, such as buckwheat, clover or rye, let the chickens into the area to turn the cover crops into the ground instead of firing up the rototiller. The birds follow the cover crop, adding nitrogen to the organic matter. Once the vegetation is consumed and the area is tilled, they can be moved elsewhere.

The Deep-Litter Option
For chicken keepers who can’t rotate their chickens’ pasture and need to keep the flock in one place, Rhodes recommends the deep-litter coop method. This way, farmers or gardeners can harvest the compost at the bottom of the litter pile to add to the garden while the chickens stay put.

Whether you’re using chickens as a large mobile unit to fertilize and improve the soil structure of fields and pasture or keeping them in place for as long as you need to prepare your garden bed, chickens are an invaluable resource in any small homestead. From fertilizing, tilling and especially pest patrol, they are happy to do the work.

About the Author: Freelance writer Amy Grisak lives in Great Falls, Mont., where she tends to chickens, beehives and a garden with her two young sons and her husband, Grant.

Comentários (0)

Nome:

E-mail:

Deixe seus comentários aqui:

image

Código:

anterior Anterior 1 de 2 Próxima proximo